contato.sinpolse@gmail.com / ascom.sinpolse@gmail.com

(79) 3214-0103

Nota Pública


Foi-se a época em que a Polícia Civil era vista como instituição voltada apenas para resolver brigas de vizinho e prender ladrões de galinha, embora nessa mesma época o policial civil sem saber fazia o papel de Juiz de Paz...

- A quem interessa policiais civis desqualificados?

Da mesma forma que políticos corruptos têm interesse em manter a população ignorante, há os que querem a polícia desqualificada, pois isso a enfraquece de tal modo que somente o crime sai fortalecido. E a desqualificação não passa apenas pela parte acadêmico-cultural, mas, de igual modo, pela falta de valorização.

- Qual perfil da Polícia Civil é o ideal para o bem do povo?

Aquela que, indistintamente, trata o crime como crime e o criminoso como criminoso, fornecendo provas para facilitar o papel do Poder Judiciário. E que ainda, vai às ruas garantir a prisão de toda e qualquer categoria de bandidos.

O trabalho da Polícia Civil é árduo, executado por homens e mulheres de valor, que colocam suas vidas em risco diariamente. No entanto, o que vemos, no momento, são políticos corruptos tentando desqualificar as ações da polícia perante a opinião pública, numa troca de papeis absurda. Numa linguagem mais popular “o poste mijando o cachorro”, pois não é justo que o fato de investigar e provar que alguns detentores de cargos eletivos estejam envolvidos até o pescoço em desvios de dinheiro público, possa se transformar em demérito para os abnegados investigadores.

Avançamos no tempo e no espaço e hoje temos departamentos dentro da Polícia Civil de Sergipe que trabalham em desfavor das mais diversas modalidades de crime. O Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública – Deotap, se notabilizou em investigar “crimes de colarinho branco” e, em pouco tempo, desencadeou importantes operações.

Quem não lembra a operação que que investigou o uso indevido das verbas de subvenções destinadas pela Assembleia Legislativa a entidades do terceiro setor por indicação dos deputados estaduais? A Operação Ante desmonte, em parceria com o Tribunal de Contas do Estado - TCE e Ministério Público Estadual – MPE durante a transição de gestão nas prefeituras dos municípios sergipanos? E a Operação Indenizar-SE que investigou desvio de recursos públicos envolvendo alguns vereadores de Aracaju?

Por isso, nós que somos parte desta nobre instituição Polícia Civil de Sergipe, com muita honra, e através do SINPOL SE, nos damos as mãos para abraçar os nossos colegas policiais civis que fazem parte do Deotap, e não vamos permitir que ingerências politiqueiras eivadas de banditismo possam prejudicar o trabalho sério que vem sendo desenvolvido pela instituição.

A Polícia Civil de Sergipe, que tem sido aplaudida e ovacionada pelos cidadãos de bem, parece ter encontrado em alguns políticos corruptos, ladrões do erário, um entrave para suas investigações. E, para nós, quem apoia bandido, bandido é.

Aracaju/SE, 10 de abril de 2017

SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE SERGIPE – SINPOL SE

Mais Fotos

SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DO ESTADO DE SERGIPE

Rua Tenente Wendell Quaranta nº 1.322 - Bairro Suíssa - Cep: 49052-260 - Aracaju/SE
Fone: (79) 3214-0103 | contato.sinpolse@gmail.com / ascom.sinpolse@gmail.com