• SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DO ESTADO DE SERGIPE

Reforma da Previdência: Sinpol/SE participa de mobilizações voltadas para parlamentares realizadas pela UPB Sergipe

06/05/2019

Na manhã desta segunda-feira, 06, a União dos Policiais do Brasil (UPB) em Sergipe realizou um café da manhã voltado para deputados federais e senadores que militam por Sergipe, bem como para profissionais de Segurança Pública filiados às instituições que integram a UPB Sergipe, como o Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE). Com a pauta "Profissionais da Segurança Pública na Reforma da Previdência", o evento aconteceu na sede do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais de Sergipe (SINPRF/SE), na capital sergipana.


Na oportunidade, estiverem presentes o senador Alessandro Vieira, os deputados federais Fábio Henrique, Bosco Costa e Laércio Oliveira, além de representantes da senadora Maria do Carmo Alves e do deputado federal João Daniel. Todos os deputados federais e senadores que militam por Sergipe foram convidados para participarem do evento que objetivou levar aos parlamentares informações técnicas sobre o regime de previdência dos profissionais de Segurança Pública.


O evento foi iniciado com a palestra do policial rodoviário federal Marcelo de Azevedo, diretor Jurídico da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais. "Fizemos um comparativo entre o regime atual das forças de segurança pública civis e militares em nosso país e também com outros países. Além disso, apresentamos as diferenças que estão sendo criadas pela proposta atual da Reforma da Previdência na PEC 06/2019. Fica evidenciado que há uma divisão entre as forças de Segurança Pública não de acordo com as peculiaridades das carreiras, mas sim pela natureza civil ou militar. Nós defendemos que todas as forças de segurança tenham tratamento previdenciário similar, da mesma forma como ocorre hoje", destacou.


Para Adriano Bandeira, presidente do Sinpol/SE e porta voz da UPB Sergipe, o momento é de alerta para os profissionais de Segurança Pública, destacando na oportunidade os policiais civis. "A Polícia Civil também será afetada com a reforma, tendo em vista que o próprio Governo do Estado já sinalizou que as definições da PEC 06/2019 terão repercussão direta em Sergipe. Pontos como pensões, idade mínima e a desconstitucionalização da atividade de risco são os que mais nos preocupam. Nossa luta é contra a aprovação de regimes da previdência diferentes para cada força de Segurança Pública. Queremos um tratamento igualitário e a UPB está se mobilizando em todo o país", mencionou.


Na opinião do senador Alessandro Vieira, delegado de Polícia Civil do Estado de Sergipe, o Governo Federal não pode realizar um tratamento diferenciado entre categorias que desempenham atividades profissionais tão parecidas. "Estamos analisando a Reforma da Previdência há dois meses, com um conjunto de sete emendas preparadas que tocam em diversos pontos. No aspecto da Segurança Pública, estamos aguardando as discussões na Câmara dos Deputados para ver no que o Governo Federal irá ceder de início, porque não é possível que você tenha um tratamento diferenciado para categorias muito similares. Esse trabalho de mobilização está sendo muito bem feito pelas categorias, bem organizadas, trazendo conteúdo para os parlamentares que estão abertos a receber essas contribuições e quem quiser defender seus direitos terá que fazer isso: mobilizar, apresentar dados e alternativas concretas. Aquelas categorias que estiverem nesse caminho contarão com o nosso apoio", declarou.


De acordo com o deputado federal Fábio Henrique, policial rodoviário federal, o momento é das categorias se unirem e estarem mobilizadas. "É importante que os profissionais da Segurança Pública sejam tratados na Reforma da Previdência com justiça, porque nós não queremos uma Polícia envelhecida, sem capacidade de ação. O policial quando sai de casa vai para uma guerra, porque são 60 mil homicídios por ano no país e somente no ano passado quase 400 policiais morreram em atividade. Então esse profissional precisa ter um tratamento justo para que ele possa produzir melhor e garantir uma melhor segurança para toda a sociedade. É necessário que se dê aos policiais o mesmo tratamento que foi dado às Forças Armadas, com integralidade, paridade, pensão vitalícia integral, respeitando os direitos adquiridos e dando tranquilidade para que os policiais possam ir às ruas defender a sociedade", finalizou o parlamentar.


Mobilização no aeroporto


Ainda nesta segunda-feira, 06, a UPB Sergipe esteve no Aeroporto de Aracaju como forma de sensibilizar outros parlamentares para a importância de igualar o regime da previdência dos profissionais da Segurança Pública. Na oportunidade, o deputado federal Fábio Reis se comprometeu em apoiar a luta da União dos Policiais do Brasil.


UPB Sergipe


A UPB Sergipe é composta atualmente pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE), Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais de Sergipe (SINPRF/SE), Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF/SE), Sindicato da Guarda Municipal (Sigma/SE), Sindicato da Polícia Federal de Aracaju (Sinpef/SE), Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Sejuc de Sergipe (Sindpen/SE), e Sindicato dos Agentes de Segurança Socioeducativa (Sindasse).


Veja também

Sinpol participa  do XVII Congresso da Cobrapol

Sinpol participa do XVII Congresso da Cobrapol

04/09/2017 - Os diretores do Sinpol,  Jorge Henrique e Claudio Santos estão participando do  XVII Congresso da Confederaçã...

Promoções Automáticas Remanescentes

Promoções Automáticas Remanescentes

28/08/2017 - Foram publicadas no Diário Oficial do Estado de Sergipe desta segunda-feira, 28 de agosto, as listas de Agentes e Escrivães pr...

Representantes do Conselho Curador do FGTS vão à CBIC somar forças em defesa da saúde financeira do Fundo de Garantia dos trabalhadores

Representantes do Conselho Curador do FGTS vão à CBIC somar forças em defesa da saúde financeira do Fundo de Garantia dos trabalhadores

26/10/2017 - O representante da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST no Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Servi...

Seminário discutirá sobre riscos da reforma trabalhista

Seminário discutirá sobre riscos da reforma trabalhista

29/11/2017 - Debater sobre os impactos da nova legislação trabalhista é o objetivo do Seminário “A Reforma Trabalhista ...

Você já é um filiado do Sinpol-SE?