• SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DO ESTADO DE SERGIPE

SINPOL-SE participa de reunião ampliada da FEIPOL-NE em Recife

Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe participa de reunião da Federação Interestadual dos Trabalhadores Policiais Civis do Nordeste.

10/12/2018

A reunião da Federação Interestadual dos Trabalhadores Policiais Civis do Nordeste ocorreu no último final de semana, na cidade de Recife, nos dias 7 e 8 e contou com a presença de diversas entidades sindicais, inclusive, com a Diretoria Sindical sergipana, representada pelo seu presidente, João Alexandre. 
A pauta do encontro contemplava a programação e a organização do próximo congresso da Feipol Nordeste, que será nos dias 5, 6 e 7 de fevereiro, bem como a regulamentação da Federação junto ao Ministério do Trabalho 
A escolha da cidade para sediar o evento foi motivada de perseguição política contra diretores do SINPOL-PE que vêm respondendo a processos injustificados em represália à sua atuação sindical. Inclusive, o presidente do Sinpol-PE, Áureo Cisneiros, tem um processo de demissão em andamento.
Durante a reunião da Feipol Nordeste, também foi debatida a situação dos policiais civis de Roraima, que estão dois meses sem receber salário. Ao final do encontro, foi gerada a "Carta de Recife". 
O documento, assinado pelos representantes dos sindicatos que estavam presentes, reitera a posição contrária às propostas de instituição de Ciclo Completo de Polícia por parte das forças policiais de caráter ostensivo e preventivo em detrimento das polícias judiciárias, bem como confirma a posição intransigente a favor da Carreira Única nas polícias judiciárias, sendo esta sim uma medida efetiva para a desburocratização do sistema de segurança pública.
Além disso, o documento manifesta profunda indignação e repúdio à perseguição política que o Governo de Pernambuco tem empreendido contra a direção do Sinpol-PE, e repúdio às perseguições em outros estados. Também foi externado na Carta o apoio aos servidores públicos de Roraima pela situação de falta de salário em que se encontram.

Veja também

Brasil registra o maior número de assassinatos da história em 2016; 7 pessoas foram mortas por hora no país

Brasil registra o maior número de assassinatos da história em 2016; 7 pessoas foram mortas por hora no país

30/10/2017 - Marina Penha Brasil registrou 61.619 mortes violentas em 2016, o maior número de homicídios da história, de acordo c...

41º Ciclo SENASP/MJ

41º Ciclo SENASP/MJ

15/09/2017 - CONVITE DO TUTOR MASTER EaD – SENASP/MJ - 41º CICLOO Tutor Master Estadual da Rede EaD/SENASP/MJ em Sergipe, Agente de Polí...

Sinpol realiza o IV Confeipol Nordeste

Sinpol realiza o IV Confeipol Nordeste

08/11/2017 -   Depois de uma disputa acirrada entre as capitais nordestinas, Aracaju irá sediar entre os dias 13, 14 e 15 de dezembro, o IV ...

Policiais matam e morrem mais no Brasil, mostra balanço de 2016

Policiais matam e morrem mais no Brasil, mostra balanço de 2016

30/10/2017 - Disparou o número de pessoas mortas em decorrência de intervenções policiais no Brasil, segundo os dados do F&oac...

Você já é um filiado do Sinpol-SE?