• SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DO ESTADO DE SERGIPE

NOTA DE PESAR

Nota de pesar pela morte do Capitão PM Manoel Oliveira.

05/04/2018

É com todo pesar que o Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe – SINPOL SERGIPE, lamenta a triste e violenta morte do Capitão PM Manoel Oliveira, comandante da Companhia Especializada de Operações Especiais em Área de Caatinga e que, com certeza, também merece o repúdio de toda a sociedade sergipana. Ele parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade. 

Lamentavelmente, tais fatos vêm ocorrendo em Sergipe, por conta dos sucessivos e péssimos gestores, os quais, invariavelmente, tratam o Estado com irresponsabilidade, principalmente na área de segurança pública. O governante que ora ocupa a cadeira nº 1 do Palácio de Despachos, deveria respeitar e dar tratamento digno a todos os profissionais que trabalham em órgãos públicos de Sergipe, e em especial aos que lutam diariamente na área da segurança pública, mesmo trabalhando em condições precárias e expondo suas vidas em defesa da sociedade.

As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, como o Capitão Oliveira, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o nosso Estado mais pobre. Sem esse valoroso soldado, a Polícia Militar de Sergipe, as demais polícias e o mundo perdem um pouco do seu brilho, alegria e cor.

Não temos palavras para expressar o sentimento de todos os que fazem o SINPOL. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.

A Deus, pedimos também que dê ao nosso companheiro de luta contra a violência e a favor da Justiça o merecido repouso eterno em seu reino.Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames à família do Capitão Oliveira e a todos os integrantes da briosa Polícia Militar do nosso Estado.

 JOÃO ALEXANDRE FERNANDES MENEZES

Em nome de toda a Diretoria e da família  SINPOL


Veja também

Polícia Civil sergipana desarticula organização criminosa em Aracaju

Polícia Civil sergipana desarticula organização criminosa em Aracaju

12/04/2018 - A quinta-feira, 12, começou com a deflagração de mais uma grande ação da Polícia Civil de Sergipe,...

Temer vence, mas placar revela desgaste com aliados

Temer vence, mas placar revela desgaste com aliados

26/10/2017 - O placar de votos favoráveis a Michel Temer registrado nesta quinta-feira (25) no plenário da Câmara, inferior ao verifi...

No Brasil, falta trabalho adequado para 26,8 milhões de pessoas, diz IBGE

No Brasil, falta trabalho adequado para 26,8 milhões de pessoas, diz IBGE

20/11/2017 - A taxa de subutilização da força de trabalho no país ficou praticamente estável no terceiro trimestre do ...

Brasil registra o maior número de assassinatos da história em 2016; 7 pessoas foram mortas por hora no país

Brasil registra o maior número de assassinatos da história em 2016; 7 pessoas foram mortas por hora no país

30/10/2017 - Marina Penha Brasil registrou 61.619 mortes violentas em 2016, o maior número de homicídios da história, de acordo c...

Você já é um filiado do Sinpol-SE?